• 10 filmes nacionais que mereciam um OSCAR
    04/03

    ads_oscar8

    A 86º cerimônia da entrega do Oscar ocorreu neste domingo(02/03), um Oscar que teve de tudo, pizza, selfie recordista de RTS no Twitter, Jennifer Lawrence caindo de novo e o Leonardo DiCaprio não sendo reconhecido mais uma vez pela academia. Mas pra não deixar barato, já que não teve nenhum filme brasileiro concorrendo este ano, nós elegemos 10 títulos nacionais que mereciam ganhar um OSCAR

    OSCAR DE FRACASSO

    Seguranca_Nacional

    Nada melhor que um filme que foi rodado em 2006  e só estreou em 2010 para o décimo lugar. Foram necessários 4 anos para esse filme ocupar algumas salas de cinema no país. E olha que ele teve total apoio das forças armadas, da ABIN, do Ministério da defesa e pasmem, até da presidência da República.  O “Thiago Lacerda” é tipo o “Jack Bauer”, o “Milton Gonçalves” é tipo o  “Barack Obama” e “Joaquim Cosio” é o típico traficante Colombiano, ou seja,  é FRACASSO pra dar e vender num filme só.  O orçamento dele??? Apenas 5 míseros milhões!

     OSCAR DE MELHOR TONALIDADE

    amarelo_manga

    O ~serumano~ é só isso mesmo e damos razão, pois esse filme não mente. Com um orçamento baixíssimo de apenas R$400mil, “Cláudio Assis” colocou o povo brasileiro como personagem principal, esse povo todo é colocado num Hotel chamado Texas. Neste hotel temos um gay, um açougueiro, uma evangélica, um necrófilo e uma dona de buteco.  O filme ganhou tantos prêmios que não sabemos por qual motivo não ganhou nada daquela academia do tapete vermelho.

    capa2

    Lá fora,  achamos que eles não gostam tanto das nossas capas criativas que contém “pepekas”, por exemplo. Na imagem acima é retratado explicitamente esse desgosto pela nossa criatividade.  Pelo menos o amarelo eles mantiveram na capa. Imagine, faltar justo aquilo que fez esse filme estar nessa lista. É muito amarelo pra pouca manga!

     OSCAR DE MELHOR ELENCO

    escola

    Esse filme foi lançado em 1990, ou seja, já tem 24 anos. Foi dirigido por “Antônio Rangel” e estrelado por ninguém menos que “Os Trapalhões”. Esse filme é um clássico, típico de “Sessão da Tarde”. Mas o melhor não é isso, o melhor é o elenco de ponta desse filme, vamos aos nomes:

    “Angélica”, “Supla”, “Selton Mello”, “Gugu Liberato”, “Grupo Polegar(você se lembram deles?)”, “Renato Aragão”, “Dedé”, “Mussum”, “Zacarias”, “Patricia Perrone”, “Leonardo Bricio”, “Fafy Siqueira” e etc.

    Neste filme a “Angélica” e o “Supla” são os protagonistas, o filme foi considerado o pior de “Os Trapalhões” pela crítica antes da morte do Zacarias que aconteceu no mesmo ano. Mesmo assim, o filme foi sucesso de bilheteria na época e marcou a estrea de “Selton Mello” no cinema. Também pudera, com um elenco muito foda como este pouco sucesso era bobagem!

    OSCAR DE MELHOR ATUAÇÃO PARA JOGADOR DE FUTEBOL

    Pele em Os Trombadinhas - 1979

    Esse filme foi lançado em 1979,  um filme policial dirigido por “Anselmo Duarte”. A história é bem interessante: um empresário bonzinho, que decide mudar o destino das crianças abandonadas que praticam furtos em SP. A polícia resolve dizer a esse empresário, que essas crianças são exploradas por outros marginais de maior idade. Esse empresário tem uma ideia brilhante que é pedir ajuda para alguém… e esse alguém é ninguém menos que, o “Pelé”! Como as coisas eram fáceis naquela época, qualquer problema era só chamar o Pelé que estava tudo resolvido.  Pelé aceita o convite e resolve colaborar com a policia para prender os marginais, além de alocar as crianças em projetos sociais desse mesmo empresario.  E o Oscar de melhor ator para jogador de futebol foi dado a ele por causa dessa cena: AQUI

    OSCAR DE MELHOR ATRIZ PARA BAIXINHOS

    amor estranho amor capa

    O filme foi lançado em 1982, dirigido por “Walter Hugo Khouri”… acho que não precisamos falar muito desse filme. Todo mundo sabe a polêmica que ele causa até hoje, justamente, por ter no elenco ninguém mais, ninguém menos que: “XUXA MENEGHEL”.  Uma imagem fala mais que 1000 palavras, um vídeo então nem se fala. Portanto vamos deixar que esse vídeo fale por si só.


     

    Pena que não podemos colocar a cena que ela pega a mão do garoto e pede pra ele ver como os seios delas são macios, mas se você quiser pode ver clicando aqui

     

    OSCAR DE PIOR BESTEIROL NÃO AMERICANO

     

    cartaz-agamenon2

     

    Filme lançado em 2012, foi escrito por  “Hubert” e “Marcelo Madureira” (integrantes do “Casseta & Planeta”) e dirigido por  “Victor Lopes”. Esse filme tem um humor bastante peculiar, você fica muito indeciso se o que está assistindo é o ” Casseta & Planeta” ou o “Zorra Total”. Essa dúvida piora quando você pensa: será que são os dois juntos? Esse filme tem a participação de “Marcelo Adnet”, mas nem com ele conseguiram salvar o longa. Nesse filme o besteirol é tão fraco que o “HUMOR” que deveria estar presente fez uma falta danada. A Crítica bateu muito nele em 2012, somente um portal o “Cineclick” deu 5 estrelas e chamou o filme de “coleção de esquetes”. Reflita!

     

    OSCAR DE PIOR FILME DOS ANOS 80

     

    malandro1

     

    Dirigido por “Erasto Filho” e lançado em 1987 “As Aventuras de Sérgio Mallandro”,  pode se considerar um clássico, se é que tem alguém que lembre dele. O filme tem um roteiro pra lá de especial, colocam um anão como extraterrestre e o “Sérgio Mallandro” como o “NEO de MATRIX”. Sérgio, foi o escolhido para ter o poder de “fazer o bem”, mas para isso ele tem que cumprir várias missões. Se ele falhar o poder será dado ao vilão, que nada mais é que o …. “PEDRO DE LARA”. Este filme foi considerado o pior filme de todos os tempos pela crítica naquela época, mas como brasileiro gosta de se superar ele já perdeu esse título a muito tempo. Pode perder o título, jamais o OSCAR!

     

    OSCAR DE MELHOR AVENTURA NA AMAZÔNIA

     

    Tain____Uma_Aventura_Na_Amaz_nia

     

    Lançado em 2001 e dirigido por “Tania Lamarca” e “Sérgio Bloch”, esse filme é pura emoção! Uma indiazinha órfã que vive com seu velho e sábio avô chamado”Tigé”, os dois aprontam altos agito em meio a floresta amazônica .  O filme é tão bom, mas tão bom que ganhou mais duas continuações fazendo de “Tainá” uma aventureira das boas e provando, depois de 3 filmes que a Amazônia é um bom lugar pra se aventurar.  Depois desse filme todo mundo que vai pra Amazônia sente vontade de ser a Tainá e também de se aventurar!

     

    MELHOR OSCAR DE BORDÕES 

     

    tropa

     

    O primeiro filme foi lançado em 2007, o segundo em 2010 ambos dirigido por “José Padilha”. O primeiro filme foi muito pirateado antes mesmo do sua estrea nos cinemas, acredita-se que cerca de 11 milhões de pessoas tenham assistido a versão pirata, mas mesmo assim o filme foi um sucesso de bilheterias nos cinemas. A segunda versão foi outro sucesso e corre boatos que como este: José Padilha Confirma Tropa de Elite 3 . Mas vamos ao que levou este filme a ganhar o Oscar, os bordões:

     

    “Bota na conta do papa” “Nunca serão!” “O senhor é um fanfarrão, xerife.” “Você não é caveira, você é moleque.” “Pede pra sair! Pede pra sair!” “Não vai subi ninguém! Não vai subi ninguém! Vai ficar todo mundo quietinho aí!” “Na cara não chefe, para não estragar o velório.” “Essa pica não é mais minha. Essa pica agora é do aspira.” “Missão dada, parceiro, é missão cumprida!” “Tá de pombagirisse comigo?” “Agora é fifty fifty” “Quer me foder, me beija caralho.” “Cada cachorro que lamba a sua caceta” “…se achando a pica das galáxias” “Bandido bom, é bandido morto.”

     

    PS: São bordões dos dois filmes, acreditamos que o segundo também merecia o mesmo “OSCAR” então, juntamos tudo numa coisa só.

     

    OSCAR DE MELHOR FINAL

     

    carla

     

    Lançado em 1998, dirigido e escrito por “Conrado Sanchez”( esse é ~jenius~), o “Cinderela Baiana” é baseado na vida de “Carla Perez” que na época era dançarina do “Gera Samba”. Este maravilho longa metragem narra sua trajetória da infância pobre no sertão até seu sucesso nos palcos. Foi um fracasso de crítica e bilheteria, mas com o ~advento~(adoramos essa palavra) da Internet o filme foi se popularizando e virou uma pérola Trash. A circulação foi proibida, mas hoje você encontra facilmente para assistir no Youtube. Nosso juri queria muito premiar com o “OSCAR” de melhor arte marcial essa por esta cena protagonizada pelo “Alexandre Pires”:

    Mas achamos que nada supera o ~grand finale~, o fim é o melhor! Por dois motivos:

    Primeiro: O filme acaba, ou seja, acaba a tortura também

    Segundo: Veja com seus próprios olhos:

    Seja forte, aguente firme e veja até o final. Eu sei que você consegue!

    Esse foi o “OSCAR” do Proibido Ler, esperamos que você tenha gostado e se ficou curioso de ver alguns desses filmes por aí, basta garimpar no Google que você consegue achar cada uma dessas pérolas.

    Comentários